Som ambiental em lojas: tiramos aqui 4 dúvidas sobre o assunto

No varejo, uma estratégia que muitas empresas usam para alavancar suas vendas é o som ambiental. Você sabia que essa técnica pode ser muito favorável para sua loja? Para esclarecer um pouco mais sobre esse tema, preparamos um texto com algumas das dúvidas que as pessoas costumam ter sobre o assunto. Se interessou? Então, boa leitura!

É verdade que as lojas aumentam as vendas com o som ambiental?

Com certeza! O som afeta diretamente a vontade de comprar do consumidor, pois é uma das formas de estimular o público emocionalmente. Por isso é uma das principais estratégias adotadas pelas empresas na hora de praticar o marketing sensorial.

A loja que usa uma playlist adequada ao seu público pode aumentar o  tempo de permanência dos clientes, e, com isso, o ticket médio. Além disso, a música cria um vínculo mais forte com o cliente, melhorando sua experiência de compra e fazendo com que ele consuma ainda mais.

Alto ou baixo — qual o volume ideal para a minha loja?

Depende. Um ambiente muito barulhento pode tornar a estadia do consumidor desagradável, fazendo com que ele saia da loja. Por outro lado, um som baixo demais não irá criar a atmosfera de compra adequada, pois poderá se misturar com sons externos e quase não ser percebido.

Portanto, o ideal é não exagerar demais, mas também não utilizar um som ambiental muito baixo. Procure manter a música um pouco mais alta do que o tom de conversa dos clientes. Além disso, considere também quem é o seu cliente! Um público mais jovem pode ter uma tolerância maior ao volume alto, enquanto faixas etárias elevadas costumam se sentir à vontade com algo mais suave.

E as canções de sucesso? Devo usar os hits do momento para aumentar minhas vendas?

Depende do seu negócio. Em algumas lojas, como as que trabalham com produtos mais sofisticados e de valor mais elevado, elas não são tão indicadas, pois podem funcionar como um fator de distração para seus clientes, chamando demais a atenção para a canção em si, ao invés da compra. Isso pode levar a quedas no ticket médio, ao invés do contrário. Nesses casos, o mais indicado é usar músicas que criem uma atmosfera agradável na loja, uma ambientação, mas sem chamar demais a atenção para si. Em outros casos, como lojas que vendem produtos mais populares, é perfeitamente cabível utilizar as canções de sucesso para criar uma ambientação mais animada.

Na hora de selecionar as músicas para criar essa atmosfera, uma boa pedida são as músicas clássicas. Elas cumprem bem a função de criar a ambientação desejada e ainda estimulam o cliente a gastar mais. Contudo, o mais importante é conhecer o seu público e escolher a playlist que mais tenha a cara dele. Assim, os clientes irão relaxar sem se distrair, e você vai alavancar suas vendas!

É uma boa ideia sintonizar estações de rádio na loja?

Com certeza, não! Esse é um erro comum e que deve ser evitado. Ao sintonizar estações de rádio, sua loja fica sujeita a uma série de desvantagens. Primeiramente, a seleção musical feita pela rádio não leva em conta qual o seu tipo de cliente, e o que ele vai gostar de escutar.

Além disso, você corre o risco de expor o consumidor a uma variação muito grande de estilos musicais e intervalos comerciais, o que pode acabar sendo prejudicial à experiência de compra e até fazer com que ele deixe sua loja.

E então, gostou do post? Agora que está por dentro do assunto, não deixe de colocar o som ambiental na sua loja para vender mais! E não se esqueça de compartilhar esse texto em suas redes sociais; temos certeza de que ele também pode ajudar seus contatos!

Serviço de Marketing Sensorial no Brasil

Gostou de todos os tópicos citados acima, mas ainda não sabe como colocar em prática, principalmente o som ambiente, marketing sensorial e music branding? Então conheça agora o Atmosfera, serviço de Marketing Sensorial da ListenX (pioneira no Brasil).

Você pode testar o serviço por 10 dias grátis, não perca tempo:

Quero experimentar! 

CONTEÚDO VIP

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *